✩bell

 
Status do relacionamento: é complicado...
Interessado em: mulheres, homens
Procurando por: amizade, entretenimento
Zodiac sign: touro
Aniversário: 2016-05-11
Registro: 04/10/2016
...plano de vida: sentir em qualquer canto um encanto qualquer....✩A & B✩.
Pontos190Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 10
Último jogo

dia "baum" pra filosofar...***

15/03/2019       
psiuu...oies!

que seja doce...

dia"baum" pra filosofar sobre a internet... :)
lugar onde podemos ser diabão ou anjão...

"Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata. Quem tenta ajudar um broto a sair da semente o destrói. Há certas coisas que não podem ser ajudadas. Tem que acontecer de dentro para fora." _Rubem Alves

Ninguém pode dar o que não tem - Lucas 6.45.

O homem é o que é o seu coração – Pv. 27.19

Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo- Buda

O pensamento é o ensaio da ação. - Sigmund Freud

 

Citei  esses escritores/pensadores, pra elucidar  nosso relacionamento com a Internet.

O mundo virtual é apenas um reflexo do que somos, nem mais e nem menos, e falo de todas as redes sociais, inclusive aqui no gamedesire.

A gente “si diverte” e “si estressa”, é pra rir ou chorar? diabão ou anjão?

Imagem relacionada

A internet é uma ferramenta, uma maravilhosa ferramenta para várias ações na nossa sociedade. Mas veja bem "é uma ferramenta" e não uma outra vida. Por isso tudo o que tem aqui é apenas um espelho, algumas vezes invertido, da vida real de cada um. Você pode usar dia e noite a internet, mas será como trabalhar muito, ler muito, estudar muito, ficar muito tempo na academia, rezar muito etc. Não pode é virar uma nova vida ou uma segunda vida.

É uma ferramenta para nossos objetivos mas é também uma grande ferramenta para observação das pessoas. Tudo o que é demais é ruim. Concordo com Sthepen R. Covey , autor de SETE HÁBITOS DE PESSOAS EFICAZES, que diz que o nosso centro tem que ser a vida como um todo e que tudo em perfeito equilíbrio nos tornará mais pró-ativos. Se o nosso centro, se a nossa vida passa a ser a internet ou só a família ou só o trabalho ou só o dinheiro etc, então virou um vício.

Segundo matéria no site: http://hypescience.com - Recentemente, especialistas criaram uma nova definição de vício: agora, o vício agora é uma desordem cerebral crônica. “Na sua essência, o vício não é apenas um problema social, ou moral ou criminal. É um problema cerebral cujos comportamentos se manifestam em todas essas outras áreas”, (explica o Dr. Michael Miller - Sociedade Americana de Medicina do Vício). A nova definição também descreve o vício como uma doença primária, o que significa que não é o resultado de outras causas, como problemas emocionais ou psiquiátricos. Por exemplo, pesquisas mostraram que o vício afeta os circuitos de recompensa do cérebro, de tal forma que as memórias de experiências anteriores com comida, sexo, álcool e outras drogas ativam o desejo e mais comportamentos de dependência."

Outro dia uma amiga, resolveu pesquisar uma candidata a uma vaga de trabalho em sua empresa. Quando acessou o Face da candidata viu uma série de fotos dela em um churrasco, bêbada. Viu que ela só escrevia coisas do tipo "odeio trabalhar segunda, odeio trabalhar sexta, odeio quando não emenda feriado etc", viu que os comentários de amigas e amigos eram no mesmo sentido, que tinha 50 amigos apenas etc etc. Pesquisou o email dela e o nome no Google, e encontrou citações, fotos, outros sites de relacionamento em que ela participava, comentava, ou era citada e a postura era sempre a mesma, completamente diferente do que falou na entrevista e do que seu currículo trazia. Resultado, não contratou.

As redes sociais, sites, blogs, emails e toda forma de comunicação na internet, principalmente onde são postadas informações pessoais vão sempre ser um espelho do que a pessoa é na vida real. Ela pode não agir assim, mas é o que pensa, não há armação, não se fica no salto por muito tempo. Mesmo que ela construa um "fake" (perfil falso) e com ele trabalhe suas incursões no mundo virtual sempre será resultado do que a pessoa é. Quem tem comportamentos ou postagens completamente diferente da realidade que vive ou prega, talvez seja um tipo de publicação do "subconsciente" virtual, ou outro lado do "bipolar",  ou mesmo um exercício de fazer e dizer tudo o que não faria na vida real mas que é exatamente o que pensa.

Mas na observação podemos sempre ver que é apenas mais um forma, com vários canais, para que o ser humano se comunique, se mostre, se venda e tente se entender mais.

E como tudo gera um questionamento... aí vai o meu:

- Qual é o futuro que teremos em 10 ou 20 anos e o que acontecerá com o ser humano com toda essa tecnologia, muitas vezes mal usada?  

motivos, a meu ver, pelo qual as pessoas usam as redes sociais:

- tem pessoas que acabaram de entrar e podemos ver o quanto ainda estão perdidas, tentando se achar.

- pessoas que realizam campanhas diariamente sobre proteção animal, contra o desmatamento etc

- pessoas que fazem política,

- pessoas que falam de política,

- pessoas que só ficam falando com amigos, postando fotos de viagens, baladas etc.

- pessoas que passam só vez ou outra, porque não tem tempo ou porque fizeram o perfil por obrigação,

- pessoas que usam pra divulgação de shows, teatro, eventos

- pessoas que usam para jogar, por "N" razões,

- pessoas que usam para divulgar a sua empresa,

- pessoas que usam para "estar on-line",

- pessoas que usam como um diário,

- tem pessoas que usam como um bloco de anotações para colocar ali pensamentos rápidos que tenham,

- os jornalistas usam muito para saber e para divulgar matérias, 

- os veículos, empresas e pessoas usam para lançar novidades, falar diretamente, falar rapidamente,

- os amigos, grupos de pessoas com objetivos afins, usam como lista de discussão rápida para criticar algo, reivindicar algo etc.

- tem pessoas que usam para lançar pensamentos próprios ou de alguém e assim criar um canal de "auto-ajuda" ou esclarecimentos ou frases bem humoradas,

- pessoas que usam para um pouco de cada coisa acima... como eu :)

Mas também tem os que usam

- para paquerar,

- para brigar,

- para SPAM,

- para traição,

- para investigar a vida das outras pessoas,

- para mostrar o quanto são bonitas e importantes,

- para falar besteira, pensamentos bobos, comentários fúteis, insinuações e até briguinhas rápidas...(kkkkkk)

- para falar de sexo explicito, besteirol, putarias, palavrões, piadas agressivas, comentários sarcásticos e outros... todos assuntos que "dão ibope" e que com isso tentam ser famosos e ganhar os 5 minutos de fama

pra pensar: qual o motivo que você usa a Internet?

Cabe a cada um de nós optarmos ao nosso melhor uso, sempre consciente que podemos levantar ou destruir pessoas.

Cada um só dá, faz e fala o que tem...pelo menos deveria ser assim!

bell

(baseado em texto de Marilia de Lima)